segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Viaje pra Dentro - Resumo da Temporada 1

Olá meus amigos! Dia 04/02/2019 a gente começa a segunda temporada do projeto Viaje pra Dentro. E como a gente ficou um tempo sem se falar eu achei super justo eu fazer um resumo de tudo o que vimos na nossa primeira temporada.

Então, papel e caneta na mão e vamos lá!



Primeiramente, se você não sabe ou não lembra o que é esse projeto, clica aqui. Mas, resumidamente, ele nasceu na minha busca por autoconhecimento e propósito. Enquanto eu estudava sobre o assunto, senti a necessidade de ir compartilhando aqui tudo o que eu aprendia e colocava em prática. Ou seja, tudo o que eu posto aqui eu mesma sou a cobaia.

Semana 1

Na primeira semana eu te propus a dar o primeiro passo. Te desafiei a olhar pra dentro, a se escutar. Quantas vezes na semana, no mês, no ano, no meio da correria louca, você pára pra prestar a atenção em você, observar onde você está hoje e onde se imagina estar. Observar se você satisfeito com onde chegou e com o que fez e se você dá valor para tudo o que trilhou pra chegar aqui.

E aí surgiu o primeiro exercício: tirar 5 minutos do dia pra se observar, aquietar a mente e fazer perguntas como: eu estou feliz? onde eu quero estar daqui 5 anos? estou ansioso? estou me cuidando? E anotar os insights em um caderno, uma espécie de diário. Não tenha medo ou vergonha de escrever seus devaneios. Você vai notar que aprende muito sobre você e resolve conflitos internos com mais facilidade quando coloca eles pra fora, você vê que os problemas nem são tão grandes assim.

Sugeri também aplicar um exercício baseado no livro 4 compromissos do Miguel Ruiz. Saiba mais clicando aqui.

Semana 2

Na segunda semana eu falei um pouco sobre valores, que são atitudes, crenças que nos impulsionam. Que nos fazem agir de determinadas maneiras e fizemos juntos nossa lista de valores como exercício.



Também falei sobre a roda da vida, que é a roda com aspectos importantes da nossa vida e como exercício preenchemos a pontuação de cada aspecto para identificar desequilíbrios. Ao identificar os desequilíbrios eu propus definir objetivos claros (não precisa ser nada grande, apenas um passinho) para entrar em equilíbrio.

Inclusive, eu compartilhei lá no instagram @comida_e_mochila a minha lista de valores e a minha roda da vida.

Identificar nossa lista de valores é super importante, porque a gente começa a entender porque agimos de determinada maneira diante das situações e porque certas coisas nos deixam frustrados ou satisfeitos.

Os detalhes para o exercícios está aqui.

Semana 3

Na terceira semana falamos sobre agir no desconforto. Quando a gente tem dificuldade em saber o que a gente quer fazer, vale a pena partir do ponto do que a gente não quer fazer, dessa maneira a gente começa eliminando algumas opções.

Depois de fazer uma lista de coisas que não gosta, eu também propus um exercício de fazer uma lista de coisas que você gosta, pode ser tudo. Sem medo de ser feliz.

Mais detalhes aqui.

Um detalhe importante na ordem desses exercícios é que você vai ver uma ligação muito forte entre a lista de coisas que gosta e não gosta de fazer com a lista de valores.

Semana 4

Aqui o negócio começou a ficar ainda mais interessante, comecei a falar sobre propósito. Falei sobre essa viagem interno em busca do "por que?", "pra que?". Aquele motivo pelo qual você levanta todas as manhãs. Sabe, a maioria das pessoas não aceita seu propósito por achar que deveria ser algo grandioso e impactar milhões de pessoas. Mas, muita gente tem como propósito mudar a vida de um filho, de um pai, da família, de um amigo ou de uma comunidade. Nem sempre nosso propósito é ser famoso.

Falei nessa semana também que todo excesso é uma falta. Quando a gente come demais, joga demais, compra demais, é algum desequilíbrio que estamos tentando compensar de alguma maneira.

Os exercícios da semana foram: faça escolhas conscientes e ouça seu coração. O post tá lindo, entra aqui e confere.

Semana 5

Na semana 5 eu falei sobre missão, que é a maneira como expressamos quem somos. Falei que tudo bem ser diferente e não querer o que todo mundo quer, não se encaixar. No post você vai aprender que você pode fazer o que ama ou amar o que faz. Tem espaço no mundo pra ser e fazer o que a gente quiser.

E como exercício da semana eu sugeri a leitura de um livro curtinho de 32 páginas cheio de exercícios que ajudam a descobrir a nossa missão. Para ler clique aqui.

Semana 6

Nessa semana eu falei sobre uma técnica muito utilizada em processo de coaching que são as perguntas de alta performance. Porque você sabe né? Um coach não te dá a resposta, ele te da a pergunta, a resposta está dentro de você, ele te faz pensar.

Eu compartilhei uma série de perguntas de alta performance para você se questionar diariamente e dessa maneira aprender a se conhecer melhor e entender porque determinada situação te afeta e o que você pode fazer para evitar.

Veja as questões aqui.

Semana 7

O tema da semana 7 apareceu do nada na minha vida. Eu ouvi sobre valores repelentes pela primeira vez em uma live da Debs Aquino e fui pesquisar a respeito porque achei muito interessante. Então fiz uma enquete no instagram do @comida_e_mochila e vi que era uma dúvida geral. Descobri que é um assunto abortado no livro do Tony Robbins. Estudei mais sobre ele e aproveitei pra falar aqui no VPD.

Descobri que a lista de valores que fizemos na semana 2 chamam-se, na verdade, valores atraentes. Já, os valores repelentes, são aquelas situações que nós evitamos. Muitas vezes um valor repelente nos impulsiona, por exemplo, se temos o medo da rejeição como valor repelente, muitas vezes estudamos, damos nosso melhor, para evitar sofrer a rejeição. Interessante que muitas vezes passamos por cima, inclusive, dos nossos valores atraentes. O problema é quando esses valores nos travam. E eu falo sobre isso nesse post aqui.

E como exercício a gente fez a nossa lista de valores repelentes e assim entender o que nos aprisiona ou nos impulsiona.

Semana 8

Na semana oito eu falei sobre estar rodeado de intenção. Falei sobre a teoria que somos a média das 5 pessoas com quem a gente mais convive. E como essas pessoas podem nos influenciar positiva ou negativamente. O problema é que as pessoas que a gente convive nas redes sociais também nos influenciam. Então como exercício da semana eu propus um detox de pessoas e páginas que a gente segue nas redes sociais e não nos fazem sentir bem.

Saiba mais clicando aqui.

Semana 9

Na última semana da primeira temporada eu falei sobre um assunto que é o caminho para se chegar a muitas respostas, um exercício que vai ajudar em todas as outras semanas e exercícios propostos aqui. Eu falei sobre técnica de meditação e respiração. Sim, você pode meditar. E a prática da meditação vai mudar a sua vida, vai te fazer viver no presente, vai te ajudar a achar respostas, mostrar caminhos, clarear sua mente. Também falei sobre a técnica de respiração consciente que você pode fazer todos os dias, varias vezes no dia, em qualquer lugar. E ela vai te deixar mais calmo, mais focado e no momento presente.

Saiba mais clicando aqui.

________________________


Olha quanta coisa incrível a gente aprendeu na primeira temporada de viagem pra dentro. São técnicas de desenvolvimento pessoal, sessão de coaching, terapia e muito mais. Tudo aplicado na prática.

E posso garantir que a segunda temporada vai ser ainda melhor. Comente aqui o que você achou e o que você espera da temporada 2 que começa semana que vem.

Um beijo e até lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...