quarta-feira, 29 de agosto de 2018

O que fazer em Oahu - Hawaii (parte 6)

Os últimos dias em Oahu foram mais tranquilos, aproveitamos as praias e tiramos um dia de chuva para conhecer a cidade, que é cheia de história. Então, vou resumir os últimos 3 dias nesse post.

O sexto dia a gente tirou pra aproveitar Waikiki e descansar. Enquanto o meu noivo dormia, eu aproveitei pra ir na Ross fazer umas comprinhas. A noite a gente saiu pra conhecer alguns barzinhos. Na verdade, eu queria um bar com música ao vivo, mas, a gente demorou um pouco pra entender que a vida noturna da ilha termina cedo, ou seja, as 21h não tinha mais nada hehehehe.



Se você quiser curtir um barzinho legal, com música ao vivo, sugiro escolher aqueles que ficam de frente pra praia, normalmente dentro dos hotéis. Pulamos de um bar em outro, fomos atacados por baratas voadoras (sim, tem muita barata voadora no Hawai'i, é bem comum) e experimentamos umas cervejas locais. Na volta pra casa, paramos em uma ABC store, compramos cervejas e aperitivos e fomos pro nosso Airbnb curtir o restinho da noite hehehehe.


No dia seguinte amanheceu chovendo, então fomos fazer passeios mais tranquilos. Nossa primeira parada foi o histórico Pearl Harbor. Chegamos cedinho, a tempo de ver o juramento a bandeira e pegar ingressos gratuitos para o memorial.



Antes de pegar o ferry até o memorial, a gente assiste um filme (onde tinha uma barata hahaha) que fala sobre a história do ataque. É o único passeio da ilha que não tem japonês, sério.



Em seguida, somos guiados até o ferry e vamos até o memorial. Esse memorial foi construído sob o USS Arizona, um dos navios afundados durante o ataque. Lá possui o nome dos quase 2500 mortos no ataque japonês. Os navios continuam la, e tem um cheiro forte de óleo, que continua saindo na água. Um sentimento bem triste.



Lá também possuem outros passeios pagos, como a visita a um submarino. Além disso tem um museu gratuito e lojinhas.

Terminamos nossa visita e fomos até o outlet premium fazer umas comprinhas. É beeeem pequeno, mas, tem umas lojinhas legais e com preço bom. Só não se compara com Orlando e Miami, claro hehehe.




Depois fomos até o centro histórico de Oahu, onde fica a estátua do Rei Kamehameha. O centro é difícil de estacionamento, como em toda a ilha. Deixamos na rua, em um parquímetro. E fomos conhecer os prédios históricos da região. Tem também um famoso cemitério, mas, não fomos.



Na volta pro hotel, paramos pra provar um poke super tradicional chamado Ono Seafood. É um local pequenininho com umas 8 opções de pratos. É difícil comer no local porque quase não tem mesa. Mas, é um local onde você pode experimentar poke de verdade. Eu peguei o mais tradicional, mas, recomendo pegar o picante (o tradicional tem mais pimenta hahaha).




Tomamos café da tarde em uma cafeteria em frente ao hotel, pra tomar o famoso café kona. O café havaiano é super famoso e um dos mais caros. Vale a pena trazer pra dar de presente.



No fim da tarde fomos no cinema assistir Vingadores - Guerra infinita. E que filmeeeee hahahaha. Demorou pra gente conseguir ingresso, todo dia estava esgotado. Eu adoro ir no cinema fora, me sinto tão local hehehehe. E ir no cinema nos EUA é muito legal, muita pipoca e bebida infinita, de todos os sabores hehehehe.



Depois do cinema, paramos numa loja de sucos que tinha em frente ao nosso hotel. Suco de frutas, açaí, é cheio no hawaii. Aproveite, porque é tudo delicioso. Tome muito suco de abacaxi, que também é super famoso por la.


A noite fomos num barzinho de um hotel em waikiki, tomamos uns drinks e passeamos pela praia a noite, que é linda e iluminada. E essa era nossa última noite na ilha.




Na manhã seguinte fomos tomar café da manhã no starbucks. E que arrependimento de não ter ido antes. Lá vende um café que só tem la. E, sério. Foi o melhor café da minha vida. Você precisa provar!!!


Depois, fomos até a praia fazer nosso ritual. Diz a lenda que se você jogar um colar de flores no mar, no último dia na ilha, você volta pro Hawaii. Outra lenda é colocar o colar de flores na estátua do duke, e você também volta pro Hawaii. Como eu quero muito voltar, não perdi tempo e fiz os dois rituais hahahaha. Joguei um colar na praia e dois colares no duke, pra garantir hahahaha.


Pegamos nossas coisas no hotel, entregamos as chaves e fomos até o Diamond Head fazer a trilha. Como nosso vôo era só a tarde, aproveitamos bastante a manhã.



A gente subiu com o carro até o estacionamento da trilha, mas, estava cheio. Então, voltamos e deixamos o carro num estacionamento que fica na base. E subimos a pé. A trilha é bem tranquila, toda asfaltada. Tem algumas escadarias que cansam um pouco, mas, a vista la de cima é linda. Vale a pena o esforço. E é rapidinho. Da pra fazer em menos de 2h ida e volta bem tranquilo.



A gente almoçou num shoppingzinho que tinha um applebees e depois foi pro aeroporto onde nos despedimos dessa ilha mágica. A área de vôos domésticos do aeroporto é confusa, pequena, cheia e bagunçada hahaha mas, no final, da tudo certo. Não tem atendimento com atendente, é tudo num toten. Então é aquela confusão, a máquina imprime os adesivos e a gente mesmo coloca na mala. Depois entra numa fila e despacha a mala. Aí vai pra uma fila gigantesca do raio-x hahaha.

E assim terminou nossa estada em Oahu. Nossa próxima aventura: Maui. Fica ligado nos próximos posts.


Um beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...