segunda-feira, 9 de julho de 2018

Viaje pra Dentro - Quem sou eu?

Na semana passada iniciamos nosso projeto Viaje pra Dentro, nossa maior viagem da vida. Com o intuito de nos encontrar. E como atividade da primeira semana convidamos você a dar os primeiros passos a fim de se conhecer. E eu havia dito que fazer as atividades da primeira semana iria ajudar na segunda semana, lembra? Pois é. 

Se você está firme nas atividades da semana 1, já deve ter aderido ao diário. Se ainda não começou a usá-lo, esse é um ótimo momento.

Quem sou eu?



Bom, muita gente acha que sabe essa pergunta. Mas, quando a gente tenta responder ela, acaba vendo que não é algo tão simples assim.

Escreve no seu diário: Quem sou eu?

Calma que eu tenho algumas ferramentas pra te ajudar a responder essa questão tão controversa. Bom, você não é somente uma carreira, não é somente se mãe ou esposa, não é o que você faz. É mais do que isso. 

Quando alguém te pergunta o que você gosta de fazer, você sabe responder? O que você faz porque VOCÊ gosta, não aquilo que você faz por causa de outra pessoa. Escreve aí, o que você faz porque você realmente gosta, que é você. Você sabe?

E o que você não gosta?

Lista de Valores

Alguma vez você já fez sua lista de valores? Bom, deixa eu explicar. Todo mundo tem uma lista de valores pelas quais nós agimos. E quando vamos contra esses valores, nos sentimos culpados, traídos. Porque eles fazem parte da nossa essência. Descobrir quais são esses valores, nos ajuda a descobrir quem somos, porque algumas coisas nos incomodam e porque agimos de determinada forma em diversas situações. 



Pra fazer sua lista de valores é bem simples. Escreva uma lista de 10 valores que você considera que mais representa você. Lembre-se, valores são coisas que te representam e não qualidades que você gostaria de ter. Pra te ajudar, segue um link com uma lista de valores.

Monte sua lista de 10 valores. Conseguiu? Agora coloque eles em ordem de importância, onde 1 é o mais importante. Aquele que você deixa tudo de lado, mas, não deixa de agir de acordo com esse valor.

Por exemplo, tem gente que considera seu primeiro valor a Família. Ou seja, é capaz de ser injusto com outras pessoas, mas, estará sendo protegendo sua família a qualquer custo. E se precisar deixar a família de lado por qualquer questão, se sentirá mal ou frustrado. Porém, quem considera a Justiça seu primeiro valor, não importa quem seja o envolvido na história, não vai permitir que aja injustiça.

Completando a lista de 10 valores e colocando eles em ordem de importância na sua vida, você vai começar a se conhecer melhor, vai entender porque age de determinada maneira e porque certas coisas te incomodam no dia a dia. 

Outro ponto importante, se você tem Liberdade como um dos seus valores, por exemplo, vai ser difícil encontrar satisfação pessoal em um emprego que te limite. E assim por diante. 

Compartilha comigo sua lista de valores? Em breve vou postar a minha lá nos Stories do @comida_e_mochila.

Roda da Vida

Uma outra ferramenta de Coaching muito interessante para ajudar a entender quem somos é a roda da vida. Alguma vez você já fez a roda da vida? Bom, ela te ajuda a identificar como está a situação de diversos aspectos da sua vida. Por exemplo, nela você vai ter que definir, numa escala de 0 a 10 qual sua satisfação com seu emprego, com seu relacionamento, com sua espiritualidade. E dessa maneira, saber onde você deve estar apontando o seu foco com mais carinho.

E pra aplicar sua roda da vida é bem simples.





Acima segue a imagem de um exemplo bem comum de roda da vida. Ela está divida em quatro aspectos Macros de vida e cada um deles está dividido em três aspectos. Você vai pegar cada um deles e definir a pontuação de 0 a 10 para sua satisfação.

No seu diário, desenhe sua roda da vida e vá pintando em cada um dos aspectos de acordo com número que você definiu. Assim como no exemplo abaixo:

 Explicação rápida de cada um dos aspectos:

1.Pessoal:
a.Saúde e Disposição - quanto você tem investido em cuidar do seu corpo e da sua mente, alimentação, exercícios. Como está sua energia, motivação, animo
b.Desenvolvimento Intelectual - seu nível de investimento atual em seu desenvolvimento intelectual, sua abertura a novos aprendizados, experiências, estudos e conhecimentos. Tanto para o crescimento na carreira, como para o amadurecimento pessoal
c.Equilíbrio Emocional: quanto os acontecimentos afetam suas emoções? Como tem reagido às situações do dia a dia e a forma como tem lidado com elas? Como lida com seus desafios, conflitos, inseguranças e situações adversas.
2.Profissional:
a.Realização e propósito:  quanto seu trabalho atual está verdadeiramente conectado com sua essência e com seu propósito de vida? O propósito é o que nos faz levantar todos os dias motivados a ir além, a dar o nosso melhor e a fazer a diferença no mundo.
b.Recursos financeiros: Qual é o seu nível de satisfação financeira atual? 
você gasta mais do que ganha? Ou sobra? Você investe? Mora de aluguel ou tem sua própria casa?
c.Contribuição social: Você sente que suas ações ajudam a transformar nossa sociedade e mundo para melhor? Tudo que fazemos ou deixamos de fazer impacta, direta e indiretamente na vida do outro
 
3.Relacionamentos:
a.Família: quando a família vai bem, por mais que os problemas externos sejam desafiantes, nós nos sentimos mais confiantes para enfrentá-los, pois sabemos que podemos contar com seu apoio incondicional. Por outro lado, quando há muitos conflitos e assuntos mal – resolvidos, tudo ao nosso redor sente o peso desta falta de sintonia. Nosso trabalho fica prejudicado, perdemos o foco, a motivação e a alegria e, corremos até mesmo o sério risco de adoecer.
b.Desenvolvimento amoroso: Qual é a qualidade do seu relacionamento amoroso hoje? Sente-se feliz ao lado de seu companheiro ou companheira? Tem uma relação saudável e construtiva ou vivem brigando o tempo todo?
c.Vida social: Como está a sua relação com os amigos? Tem tirado um tempo pra sair e conversar? Marcar um churrasco em casa? Mesmo para aquelas pessoas mais reservadas, ter contato com o mundo externo é muito importante para nosso desenvolvimento e satisfação pessoal.
4.Qualidade de vida:
a.Criatividade, hobbies e diversão: Qual foi a última vez que se permitiu relaxar? Teve  momentos de lazer, relaxamento, plenitude, e se divertiu um pouco com a vida. Estes momentos são essenciais para descansar o nosso corpo e a nossa mente, recarregar as baterias, aflorar a criatividade, repor as energias, eliminar as cargas negativas e simplesmente deixar o tempo fluir, sem prazos, condições ou regras.
b.Plenitude e felicidade:“Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho!”. Ela nos mostra que é a forma como fazemos a nossa caminhada que nos leva a sermos verdadeiramente felizes e plenos. Talvez você nunca tenha parado para pensar se você é ou não feliz e no que te aproxima ou distância de conquistar a satisfação pessoal neste importante aspecto da vida.
c.Espiritualidade: Independente de qual seja a sua religião ou mesmo se você não tiver uma, saiba que a espiritualidade é um aspecto da vida que, acima de tudo, nos conecta com as possibilidades infinitas do universo. Não temos controle absoluto sobre nada ou sabemos exatamente o que vai acontecer nos próximos minutos, horas, dias, pois a vida segue um curso, na maioria das vezes, imprevisível. Contudo, podemos escolher ser positivos e acreditar que as coisas vão dar certo, sim.

Terminado de fazer sua pontuação e de preencher sua roda da vida você será capaz de ver claramente quais são os aspectos da sua vida que você tem dado mais atenção e quais deles estão em desequilíbrio. Você acaba de se conhecer mais um pouquinho e entender porque certas situações tem acontecido na sua vida diariamente. As vezes sua saúde está em desequilíbrio e por esse motivo você se sente mais cansada e acaba não rendendo tanto quanto gostaria. Ou seu relacionamento amoroso está em desequilíbrio e isso faz com quem você tenha um baixo rendimento no trabalho. E assim por diante.

Pegue os três aspectos da sua vida com maior desequilíbrio e defina um objetivo para cada um deles, com o intuito de melhora-lo. Em breve vamos falar mais sobre objetivos e metas. Mas, por enquanto, selecione esses três aspectos e defina objetivos. Por exemplo: minha saúde está em desequilíbrio, então a partir de amanhã vou começar a me exercitar ou vou comer besteira apenas 2 vezes na semana. E lembre-se da semana passada, heim? Seja impecável com a sua palavra.

Compartilha la no Instagram sua roda da vida e não esquece de marcar o @comida_e_mochila.

________________



Então essas serão as atividades para a semana 2: fazer a 1. lista de valores, 2. fazer a roda da vida e 3. definir objetivos claros para melhorar os aspectos de vida em desequilíbrio.

Não esquece de ir compartilhando sua evolução com a gente la no Instagram. E lembre-se, toda semana vamos agregar informações e ferramentas para o seu dia a dia. Ou seja, não deixe de fazer o que fez na semana 1, só porque já estamos na semana 2. 

Desejo uma semana incrível pra vocês e eu acredito que vocês podem ser muito mais do que jamais imaginaram.


Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...