sexta-feira, 6 de julho de 2018

Experimentamos o Bauru do Ponto Chic

Depois de tanto tempo morando em São Paulo, já havia ouvido várias vezes a história do local onde se originou o bauro, aquele famoso lanche de carne, queijo, tomate e condimentos. Tem uma filial pertinho de casa e então, um dia calhou de irmos lá provar.



O local é bem simples, mas, é legal. E nas paredes, vários quadros contam a história da sua fama por todo o Brasil.

Pedimos o padrãozão, sem tomate... porque né? hahahaha sou dessas. E o lanche é gostoso, mas, vou ter que ser sincera... Não é meu tipo de lanche. Não gosto de rosbife. Mas, isso não quer dizer que é ruim, viu?



No Ponto Chic o bauru é feito com rosbife e todos os ingredientes são receita da casa, bem especial. Vale a pena mesmo conhecer para provar o verdadeiro bauru e conhecer um pouquinho dessa história que já existe a mais de 80 anos.

E porque o bauru da Ponto Chic é tão especial?
Quatro tipos de queijos fundidos em banho-maria (queijo prato, estepe, gouda e suíço), preparados de um jeito único. A receita ainda leva fatias de rosbife, tomate e pepino em conserva, tudo no pão fresquinho e crocante.
Agora, deixa eu mostrar pra vocês o que eu copiei do site pro próprio restaurante:

"Era um dia que eu estava com muita fome. Cheguei para o sanduicheiro Carlos – hoje já falecido – e falei: - Abre um pão francês, tira o miolo e bota um pouco de queijo derretido dentro. Depois disso o Carlos já ia fechando o pão eu falei: - Calma, falta um pouco de albumina e proteína nisso. (Eu tinha lido em um opúsculo livreto de alimentação para crianças, da Secretaria da Educação e Saúde, escrito pelo ex-prefeito Wladimir de Toledo Piza, também frequentador do PONTO CHIC – que a carne era rica nesses dois elementos) bota umas fatias de roast beef junto com o queijo e já ia fechando de novo quando eu tornei a falar: - Falta a vitamina, bota ai umas fatias de tomate. Quando eu estava comendo o segundo sanduíche chegou o “Quico” -Antonio Boccini Jr.-, que era muito guloso e pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Ai ele gritou para o garçom, que era um russo chamado ALEX: Me vê um desses do “BAURU”. "

Os amigos foram experimentando e o nome foi ficando. Todos quando iam pedir falavam: Me vê um do “BAURU” e assim ficou o nome de BAURU para o sanduíche inventado por Casimiro Pinto Neto, mais conhecido como “BAURU”.

História do Bauru - Ponto Chic

Ficou com vontade de experimentar? A casa possui 3 endereços em São Paulo:

Paissandu - Largo do Paissandu, 27
Perdizes - Largo Padre Péricles, 139
Paraíso - Praça Oswaldo Cruz, 26

Se estiver pensando em ir... Me convide :D


Um beijo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...