sábado, 16 de junho de 2018

Um romance...

16. Escreva um romance



Respiração ofegante, coração acelerado, mão suando. Só de ver ela virando no corredor e vindo na minha direção, me sinto zonzo, quase caio.

- "Fala com ela" penso, como num grito de heroísmo. Dentro da minha cabeça eu sou o máximo e vou na direção dela, mas, na verdade é que, quando ela olhou na minha direção, eu devo ter babado.

- "Idiota". Ok, quem nunca se apaixonou pela menina mais linda popular e que nunca vai te notar, na vida?



Meu melhor amigo, o Luquinhas, veio na minha direção e me tirou do transe: - "E aí mané? Sonhando acordado de novo?". É, ele tem razão, sou um mané mesmo.

Ele foi me acompanhando até a sala de aula, talvez falando sobre as coisas nerds e sem graça que ele fez no fim de semana e eu só conseguia pensar naqueles cachinhos dourados.

- "Acorda mané, ela nunca vai olhar pra você". Ué, tá tão na cara assim? Todo mundo já sabe? - Mas é claro, você fica parecendo ter um derrame cerebral cada vez que ela passa!".

Bom, isso explicaria porque ela nunca vai se interessar por mim...

- "Você ta perdendo tempo com essa menina enjoada aí, enquanto isso, a Joana ta caidinha por você e você nem nota". Quem? A Joana? Pára. Ela é minha amiga desde o maternal, é tipo uma irmã. Será? O que eu devo fazer???

E notando a minha cara de tela azul, prestes a explodir, o Luquinhas foi me dando vários toques super descolados pra chegar na Joana, que ele deve ter aprendido em algum seriado do Netflix.

E agora, a minha melhor amiga, pra quem eu contava tudo e me sentia super confortável, agora vai ser aquela pessoa com quem eu vou falar gaguejando.

Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...