sábado, 2 de junho de 2018

Algo histórico...

Dia 2 - Escreva sobre algo histórico




O que esse dia representa? Liberdade. Era um dia muito especial. Logo cedo todos já estavam super empolgados, preparando tudo. A minha parte era a mais importante, a comida. Fiquei encarregada de preparar os lanchinhos que iríamos comer durante a festa.

Pão, molho, salada, frango, pão, corta no meio, espeta um palito com uma bandeirinha na ponta. E começava tudo de novo. Por muitas e muitas vezes, afinal, tinha muita gente pra alimentar. Montava um, comia outro, ninguém é de ferro. Pra acompanhar: limonadas coloridas.



Enquanto eu montava lanchinhos apetitosos, lá fora a movimentação era grande. Milhares de bandeirinhas era colocadas pra todo lado. Nas árvores, postes, telhado. Tudo colorido. E muitas cadeiras de praia viradas para o lago. Um clima gostoso de festa, todos estavam felizes, conversavam e riam alto.

- "Tem um lanchinho pra mim?". Perguntou um dos meus amigos. "Claro que tem" - Respondi enquanto estendia uma bandeja lotada deles.

A noite foi chegando, o ventinho gelado fez com que cada um pegasse seu cobertor e levasse para rua. Preenchi a mesa com as minhas delicinhas e todos já estavam a sua volta saboreando e elogiando.

Estava quase na hora, e todos já estavam em suas cadeiras, com seus cobertores.

"Olhem, começou". E lá de longe, os primeiros fogos de artifício de 4 julho começavam a estourar. Todos começaram a aplaudir e dar gritinhos. Mas, em poucos segundos o céu estava colorido e todos estavam em silêncio, só admirando.

Não sei o que era mais lindo, o céu ou o reflexo na água, que agora parecia viva. E enquanto admirava aquele momento entre os amigos, pensava em tudo o que um povo tem que passar para conseguir sua liberdade. E hoje somos tão sortudos por sermos livres. Será que somos mesmo?

E, assim que a última luz se apagou, todos bateram palmas e se abraçaram. Quem quer mais um lanchinho?

Um beijo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...