quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Um ano para o meu caminho...

Com 15 anos eu decidi que queria fazer o caminho de Santiago, ouvi meu chamado. Há alguns anos eu defini a meta para 2018, o ano que completo 30 anos. E agora, faltando menos de um ano para o início da jornada do Herói, ainda não parece real hehehe.



Estou relendo o Diário de um Mago, parece bobo ou clichê, mas, ele que deu início a isso tudo, me julguem hehehe. E junto com ele, estou lendo um outro livro, que é um guia do caminho. O legal é que eu consigo comparar a história do livro do Paulo Coelho com o guia, assim eu tenho uma noção de tempo e de local da história hehehe.

Acho que só vai ser real no dia que eu comprar a passagem, ou o dia que eu estiver embarcando, ou o dia que eu começar a caminhar hahaha. Talvez nunca seja real. Afinal, o que é real?



Bom, falando em passagem, eu comecei a pensar sobre isso... Como ir? Por onde ir? Penso em ir BrasilxParis e voltar LisboaxBrasil. Assim eu consigo aproveitar uns 2 dias de Paris e uns 5 dias de Portugal. Além de cerca de 35 dias de Espanha hahahahaha. Eu não conheço a Europa, então, vai ser legal. Lá de Paris, pego um trem pra onde vou começar o caminho: SJPP (Saint-Jean-Pied-de-Port).

Outra coisa que eu tenho pensado é: o que levar. Preciso comprar um monte de coisas hehehe. Não tenho mochila, nem saco de dormir. Como pretendo fazer o caminho em meados de setembro e outubro, devo pegar um pouco de cada clima.

Também penso em como vou fazer para vivenciar e registrar esse momento. Pensei em me desconectar completamente, mas, acho meio perigoso. Então, o celular vai comigo. Talvez eu o deixe em modo avião durante o dia e dê notícias pela noite. Não sei se fico gravando áudio sobre meus sentimentos ou deixo pra escrever tudo quando chegar no albergue. 

Fotos? só com o celular. Quanto menos peso, melhor hehehehe. Talvez eu leve um tripé, para uns cliques legais.

Nossa. Eu vou fazer o caminho de Santiago. Caminhar cerca de 800km. Que doido.

Sempre que eu falo isso pra alguém, recebo dois tipos de reação: "você é doida, boa sorte, eu jamais faria isso." ou "nossa, sempre quis fazer isso".

Se você está no grupo número 2, só te digo uma coisa: faça. Se programe, guarde dinheiro, se prepare e vá. Você merece e deve isso para você.

Eu costumo colocar metas para tudo: pro meu dia, pro meu ano, pra minha vida. Eu me frustro quando desisto, mas, me orgulho tanto quando consigo.

Desde as pequenas coisas como: hoje vou chegar em casa e passear com a minha cachorra, ou, esse ano vou correr uma meia maratona.

Uau. E a gente vai lá e faz. A gente é capaz de tudo, sabia? Basta colocar uma ideia na cabeça. Eu sou muito fácil de animar e mais fácil ainda de desanimar hahaha, então eu preciso estar sempre inventando formas de me manter motivada. E nada melhor do que a sensação de dever cumprido. Olhar a lista de tarefas do dia e ver que cumpri todos os itens. Ver que a alguns anos eu não era capaz de corres nem 50 metros e esse ano completei uma prova de 21 quilômetros. Nossa. Lembro da semana que eu programei de correr a primeira vez na esteira, estava com tanto medo de cair que nem dormi direito.

A verdade é que a gente só cresce assim, nos colocando a prova, sob estresse. O verdadeiro: saindo da zona de conforto.

É tão bom chegar em casa, deitar na cama com os pés pra cima e ficar de bobeira nas redes sociais né? É tão fácil. Mas, infelizmente, isso não vai te ajudar em nada. Dizem que se a gente fizer uma coisa durante 20 dias, ela se torna um hábito. Então, mesmo que seja difícil no começo, se você conseguir ficar focado nesses 20 dias, depois vai ser comum. Se for pro seu bem, vale a pena. 20 dias focado naquela dieta ou fazendo exercícios, 20 dias estudando 1 hora, 20 dias meditando, enfim.

Bom, saí total do foco da conversa né? hahahaha mas, comecei a escrever esse post com esse intuito mesmo, colocar pra fora o que tinha na minha cabeça. E no fim até que tem tudo a ver né? Essa história de metas, objetivos e maneiras para fazer com que se tornem real. Afinal, se a gente pode sonhar, pode realizar, não é?

Santiago de Compostela, aí vou eu!

Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...