segunda-feira, 28 de agosto de 2017

29 anos: O ano do equilíbrio

Eu achei que no início de 2017 tudo ia: a dieta ia, a corrida ia, o inglês ia, a carreira ia, o blog ia. Posso dizer que a dieta foi, mas, voltou. A corrida ta indo... mesmo querendo mais, já fui muito além de onde jamais estive. De resto, tá tudo dando ré. Ta indo, mas, pra tras hahahaha.



Eu sempre tenho duas datas de corte na vida hahaha: Virada de ano no dia 31/12 e a virada de ano no meu aniversário no dia 25/08. Que é o momento que eu tomo fôlego e retomo o que prometi lá em janeiro.

Entendi que nada radical da certo. Justo eu que sou totalmente 8 ou 80. Então meu maior desafio dessa vida vai ser: ter equilíbrio.



Ter equilíbrio na dieta, nos exercícios, no trabalho, na vida no geral. E melhor, aprender a aproveitar e deixar as coisas mais leves.

Eu costumo sofrer muito. Se eu como besteira, sofro. Se não como, sofro. Se treino, sofro. Se não treino, sofro. Sofro por trabalhar, por não saber o que quero fazer da vida. Sofro se durmo demais, se fico de bobeira sem fazer nada. Gente, olha quanta sofrencia?

Mas, vou ter que fazer meu cérebro pensar diferente. E oooooo bichinho teimoso. Quero um monte de coisa e ele faz o contrario. Vou ter que tomar as rédeas de uma vez por todas.

Tenho a pretenção de parar de trabalhar ano que vem. Ao mesmo tempo quero: casa na praia, apartamento mobiliado, Caminho de Santiago e intercâmbio de 1 mês (olha aí a pessoa desequilibrada em ação). Então, preciso guardar dinheiro, né não?

Quero muito chegar a 15% de gordura corporal, cheguei a 17% esse ano, mas, já engordei de novo. Então preciso fechar a boca.

Quero tanto achar uma outra fonte de renda, que o blog de certo e que eu seja feliz pra sempre hahahaha. Pra isso preciso de foco, força de vontade e muita determinação.

Além disso eu quero ter vida social, um hobby, passar mais tempo com a família e amigos, ler mais, estudar hahahaha. Gente, acho que preciso de um clone.

A hora do dia que eu sou mais produtiva é pela manhã. E nesse momento eu estou aonde? Trabalhando em um lugar que não me satisfaz mais. Um lugar que eu agradeço todos os dias por tudo o que me proporciona, mas, que não é mais pra mim.

Preciso aprender, acima de tudo, a parar de dar desculpas pelas coisas que eu não faço. Nunca levo a culpa pelas coisas que eu faço de errado. Sou uma criança no corpo de uma mulher de 29 anos hahahaha. Sou um bebê, cuidado comigo.

Então, vamos começar esse ano com essa palavra chave: Equilíbrio.

E segue o baile hahahaha

Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...