terça-feira, 25 de julho de 2017

Crise dos 30 (parte 5)

Hoje eu gostaria de falar sobre Sorte. Cheguei nesse assunto por causa de um trecho do livro que estou lendo (#Girlboss), onde Sophia fala que muita gente acha que o sucesso dela foi sorte. Depois de muito trabalho duro, noites sem dormir, privações, medo, decisões (certas e erradas), quando você começa a colher os frutos por tudo isso, as pessoas dizem que você teve sorte.

Claro que as vezes, estar na hora certa, falar com a pessoa certa, pode ser jogadas de sorte. Mas, ninguém vê o backstage, né?



O que ela disse e eu quero compartilhar é o seguinte: 
"Cada pequena escolha que eu fiz contribuiu para eu estar onde estou agora. Toda vez que eu levantava de manhã em vez de dizer 'dane-se' e voltar a dormir, toda vez que eu gastava uns minutinhos a mais na descrição de um produto para que ficasse perfeita, eu estava escolhendo o meu destino e plantando as sementes do meu futuro."
E mais uma:
"Toda vez que você vai para o trabalho e trabalha com empenho e dá o seu melhor em tudo que puder fazer, está plantando sementes para uma vida que você só pode esperar que cresça além dos seus sonhos mais extremos. Cuide das coisinhas pequenas - até das coisinhas que você odeia - e as trate como promessas para o seu próprio futuro. Logo você vai ver que o destino favorece os audaciosos que põe a mão na massa."
Sabe, como eu disse no post anterior, eu tenho sérios problemas com procrastinação. Então, ler coisas como essas fazem com que, ao invés de eu estar na cama agora, mexendo no celular ou vendo TV (que seria bem confortável e gostoso) fazem eu estar aqui sentada escrevendo isso pra sei lá quem hahaha (talvez seja só pra mim... enfim).

E, eu nunca senti estar dando o meu melhor, fazendo o meu máximo, sabe? É aquela história do pato, faço tudo mais ou menos. E isso me deprime. Talvez isso seja síndrome da perfeição e eu nunca vou alcançar, mas, eu queria tanto fazer algo incrível de que eu realmente me orgulhasse, sabe?

Mas, ao invés disso, sinto como se eu tivesse só me afundando mais e mais. Uff... Parece que esse assunto acabou se tornando pesado demais hehehehe.

Bom, o que eu queria dizer é que a gente precisa dar duro MESMO se quiser algo. E se quiser algo DE VERDADE, você vai ter que respirar isso 24 horas, e não vai ter cama, celular ou seriado que vão fazer você desistir (vou falar mais sobre isso no próximo post).

Vamos trabalhar duro para ter muita "sorte"?


Um beijo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...