terça-feira, 6 de setembro de 2016

Pokemon Go no Brasil

O Pokemon Go completou 1 mês no Brasil e continua uma febre no país inteiro. Ruas lotadas de pessoas tentando capturar pokemons e se tornar um grande mestre pokemon hehehe. Eu sou uma dessas pessoas, é claro. O desenho fez parte da minha infância e eu sempre quis poder capturar um pikachu. E agora eu tive esse sonho realizado hahahaha.



Porém, tem muita gente por aí incomodada com essa movimentação toda. Tem gente desligada no trânsito, tem gente sendo atropelada, tem gente parando do nada na calçada e atrapalhando o fluxo de pessoas, tem muita gente sendo assaltada, os parques estão apinhados de pessoas todos os dias e isso tem deixado muita gente furiosa.

Bom, eu entendo vocês, mas, vou mostrar que tudo tem seu lado bom hehehehe.

Essa postagem pode parecer, num primeiro momento, que não tem nada a ver com o assunto proposto pelo Blog, mas, se vocês olharem por outro ângulo, vão ver que tem tudo a ver hehehe.



Diferente de outros jogos que temos por aí, que fazem com que as pessoas fiquem dentro de casa, horas e horas atrás de uma tela, nesse jogo você tem que sair, tem que andar, tem que socializar.


Eu saí para a minha caçada pelo meu bairro, vi tanta coisa legal que eu nem sabia que tinha por aqui, casas antigas, grafites, parques etc. Fiz várias caminhadas, todos os dias da semana. Sempre escolhia o caminho mais longo para ir almoçar, e por aí vai.

Nunca imaginei que um jogo poderia me mudar tanto. Depois de almoçar, voltava um pouco antes e ficava do lado de fora da empresa, junto com várias pessoas que eu nem conhecia e que trabalham na mesma empresa que eu, conversando e se divertindo com o jogo.

No final de semana, fomos no parque e ele estava cheio de famílias e grupos de amigos brincando juntos. Essas mesmas pessoas que passavam o final de semana em casa, no sofá, nesse final de semana estavam no parque capturando pokemons.



Lí varias notícias onde o jogo melhorou a vida das pessoas. Como no hospital infantil, onde usaram o jogo para incentivar as crianças a sairem dos leitos e caçarem pokemons. Li também a notícia de um menino com um grau alto de autismo, que tinha medo de sair de casa, mas teve coragem de sair para sua caçada.

O jogo que vem dividindo opiniões, não é só um jogo, é um motivo para sair de casa, encontrar amigos e se divertir.

Se interessou pelo jogo? Acesse o link com informações básicas para você se tornar um grande mestre pokémon.

E agora, que tal sair de casa para conhecer seu bairro, passar um dia agradável no parque e, de quebra, capturar seus pokemons favoritos?

Não conhece muito bem a história? O Netflix disponibilizou a melhor temporada do desenho, desde o primeiro episódio. Aproveite para assistir e ficar por dentro, ou quem sabe, relembrar seus tempos de infância.

Lado ruim de tudo isso? A música nunca mais vai sair da sua cabeça: "Pokemon, temos que pegar..."

Um beijo

Um comentário:

  1. Oi Aleide, tudo bem?

    Caraca, ficou muito bom o post sobre o Pokemon Go. Na boa, bem legal mesmo. A primeira experiência com o jogo foi uma coisa fantástica e deu aquele BOOOOOM né?

    Não sei se você já chegou a jogar com a segunda geração de pokémons e agora, com o evento de páscoa. Está bem legal.

    Tenho um post de Pokemon Go e se você desse uma passadinha lá seria top :)
    Espero que goste.

    http://segredodosgames.com.br/tutorial-pokemon-go/

    Abraços,
    Rafael Querido

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...