segunda-feira, 16 de maio de 2016

O que fazer no Magic Kingdom na Disney World

Acordamos lindamente no hotel da Disney, UAU! Acredita nisso? Eu não hahahaha. Fui até o restaurante pegar chocolate quente no meu copo refil enquanto o Ronan arrumava a mesa com nosso café da manhã (pão e outras coisinhas que compramos no Target, no dia anterior).


Tomamos nossa café, nos arrumamos e fomos até o ponto onde se pega os ônibus para os parques. A gente chegou lá e tinha um ônibus saindo para o Magic Kingdom. Era um ônibus desses articulados, estava lotado, mas, ainda coube nós dois.





O ônibus deixa os passageiros pertinho do parque, muuuuito melhor do que ir de carro. O parque ainda não estava aberto, então ficamos ali em frente aos portões, esperando. Assistimos ao show com os personagens que acontece bem ali minutos antes do parque abrir.



Nesse dia não tinha magic hour, então todo mundo tinha que entrar no mesmo horário e o parque já estava meio cheio antes mesmo de abrir. O Magic Kingdom é sempre o parque mais cheio de todos, não importa a época do ano.

Antes de entrar, fui na loja que tem perto da entrada e pedi alguns bottons, de recordação (se você usa eles no parque, as pessoas sempre comentam sobre ele, os atendentes de dão os parabéns, é bem legal). Peguei o bottom de primeira vez no parque e o Celebrating.



Eu já fui algumas vezes na Disney, e sempre tive um atendimento mágico em todos os parques. Só que, dessa vez, foi diferente. O atendimento foi bem estranho em todo o parque.

Logo na entrada eu fui me alistar para participar do Sorcerers of the Magic Kingdom e a mulher que me atendeu não teve paciência alguma comigo. Não entendi direito o que ela falou, e ela foi meio grossa. No restante do parque todo o atendimento foi esquisito, todos pareciam estar meio desanimados com alguma coisa. A mágica estava meio baixa naquele dia. E não sei a razão.

A gente ficou a maior parte do tempo jogando o SMK. E foi muito legal. A gente passou pelo brinquedo do Dumbo, porque eu havia lido na internet que eles davam uma carteira de habilitação para quem vai nesse brinquedo, só que não dão mais :( hahahaha.

Os guardinhas também não possuem mais adesivos. Antes você passeava pelo parque e podia pedir adesivos para eles e eles davam de vários tipos. Só achei os adesivos dentro das lojas, com a pessoa que atende no caixa.

A gente aproveitou que não tinha fila, e foi tirar foto com os personagens Mickey, Minnie, Margarida, Pato Donald e Pateta. Foi bem legal, todo personagem é muito fofo.


Eu tinha uma reserva no Be Our Guest, o restaurante da Bela e a Fera (que é praticamente impossível conseguir mesa sem reserva). Almoçamos nele. É bem caro, mas, é tudo delicioso e o restaurante é lindo demais.








Antes de entrar, você ganha um menu para já ir escolhendo o prato. Aí você entra e possuem terminais onde você faz o seu pedido. Depois, você vai até a sua mesa e, como numa passe de mágica, seu pedido chega. Ele é trazido num carrinho, como num conto de fadas. 

Depois do almoço mágico e depois de conhecer todos os cantos dos três salões, voltamos aos parques.

Dessa vez eu fui super preparada para tudo o que eu queria fazer. Tinha fast pass para a montanha russa dos 7 anões, tirei fotos com os personagens que eu queria. Tudo certinho.

Fui até a floresta tirar foto com uma das minhas princesas favoritas, a Merida. Que é liiiinda e fofa. Ela não entendeu quando viu que não tinha nenhuma criança comigo, que era eu mesma que queria tirar foto com ela hahahaha. E ela adorou o Ronan, disse que ele parecia um guerreiro escocês, safadinha.



Passeamos na atração Under the Sea, da pequena sereia, fomos na Haunted Mansion que é bem legal e depois fomos na atração do Stitch que é bem infantil, mas é muito fofa hahaha.

Ficamos brincando e passeando até dar o horário do nosso fast pass na Seven Dwarf Mine Train. Que é muuuuito divertida. Vale muito a pena ir nessa atração. A primeira vez que fui no parque não consegui ir nela, porque o Fast Pass estava esgotado e a fila era de 2 horas.

Outra atração que eu também tinha fast pass e que também vale muuuuito a pena é a Space Montain. E dessa vez ela estava diferente, acho que passou por uma reforma.

Convenci o Ronan de ir no Carrossel comigo. Gente, o carrossel da Disney é meu xodô. Ele é lindo, enorme, um sonho. Não deixem de ir.



Uma atração que eu não recomendo, porque é ruim demais e eu não entendo porque ainda está lá ocupando espaço é a Its a Small World. Nossa, é ruim demais, e a musiquinha é tão ruim quando hahahaha. Não perca seu tempo. Só se quiser sentar para descansar um pouco hahahaha.

No meio da tarde a gente assistiu a Parade Disney Festival of Fantasy, que é incrível. Os carros são um mais lindo que o outro. O dragão é demais. Nossa, a melhor parade de todas com certeza. Diferente da Main Street Electrical Parade, que é bem chata hahaha. Já a Move It! é bem divertida, todo mundo sai dançando junto.



A gente não levou casaco, óbvio. E estava bem frio. Um vento geladooooo. Mas, eu precisei parar na sorveteria Plaza Ice Cream Parlon que é boa demais hmmmmm. Se você quiser a pia do mickey, é aqui que vende.



Depois que anoitece, todo mundo procura o melhor lugar para assistir o show mais aguardado de todos que é, primeiro, a Celebrate the Magic e, por fim o show de fogos Wishes. Fique de frente pro castelo, esqueça a câmera e assista esse show estando ali de verdade, por inteiro. Duvido você assistir sem chorar. É incrível, lindo, mágico. Não importa quantas vezes eu assista, sempre você me apaixonar e sonhar como uma criança.



Esse parque é o maior e mais cansativo de todos. Mas, com certeza, o mais mágico. Depois do show, nós fomos pegar o ônibus para voltar para o hotel e descansar porque teríamos muitas aventuras pela frente.

Mapa do Parque.

Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...