sexta-feira, 13 de maio de 2016

O que fazer em Washington DC?

Amanheceu na capital do mundo (hahaha desculpa, pago pau pra americano mesmo hahahaha). Eu estava super ansiosa para conhecer cada pedacinho de Washington, levantei, olhei pela janela e: CHUVA!

E agora? Calma, eu não me desesperei. Podia dar um jeito pra tudo, mesmo que fosse conhecer a casa branca abaixo de chuva.

Fomos tomar café, sim, graças a Deus o nosso hotel tinha café. A propósito, ficamos hospedados no Americana Hotel, que nada verdade fica em Arlington (a uma ponte de Washington hehe). Escolhemos ele pela proximidade ao aeroporto Ronald Reagan, de onde sairia nosso vôo no dia seguinte.

Depois do café, fiquei pensando no que eu poderia fazer até a chuva passar. De acordo com a previsão, a chuva iria parar depois do almoço. Pertinho do nosso hotel tinha umas lojas legais, um complexo de lojas, na verdade. Tinha uma Marshalls, Best Buy, CVS e outras lojas legais, inclusive um mercado atacadista COSTCO.



Esse complexo era pertinho do hotel, dava até pra ir a pé. Então eu pedi um guarda-chuva na recepção (que emprestam de graça) e fomos caminhando.


Aproveitamos pra fazer várias compras. As lojas estavam começando a abrir e estava tudo abastecido e sem muvuca. Compramos várias coisinhas na CVS e, pra nossa alegria, os preços estavam incríveis na Marshalls. Enchemos o carrinho hahahaha. O legal é que a taxa de imposto em Washington é de 6%. Menor ainda do que na Florida. Vivaaaaa!

Depois de muitas compras, voltamos para o hotel. Organizamos as nossas coisas e nesse tempo a chuva parou. Como num passe de mágica <3 hora de aproveitar pra conhecer todos os pontos turísticos da cidade. Eba!

A menina da recepção nos ofereceu transfer (também gratuito) para nos levar nos lugares. Mas eu sou uma andarilha e adoro conhecer os lugares a pé.

O nosso hotel ficava encostado no pentágono. E claro que eu queria dar uma passadinha ali só pra sentir como era. E é bem tenso. Não pode fotografar, é cheio de segurança e tudo mais. Quando eu me dei conta, já estava praticamente dentro do pentágono, caminhando pelo estacionamento.




Continuamos caminhando até chegar no memorial do 11 de setembro. Que é triste demais. Tem uma pedra com o nome de todos que estavam no avião. Estava cheio de crianças. 

Existe um passeio guiado dentro do Pentágono que é possível de ser feito com agendamento prévio. O meu noivo não se interessou em faze-lo, então, acabei não agendando. Então, nossa experiência foi só pelo lado de fora mesmo hehehe.

Seguimos em frente e eu resolvi que queria dar uma espiadinha no Cemitério Nacional de Arlington. É um daqueles cemitérios de filme americano, sabe? Cheio de oficiais do exército enterrados (ou não). Custamos um pouco pra achar a entrada e fomos caminhando. As lápides são colocadas milimetricamente no lugar exato. É incrível. Um gramadão, cheio de árvores e muita, muita lápide. A gente ia lendo sobre as pessoas que estavam enterradas ali, 90% delas lutaram em, pelo menos, 2 guerras.



Eu já estava satisfeita em ver aquilo. E quem disse que a gente achava uma saída. Sem mentira, a gente deve ter andado uns 4km dentro daquele cemitério e a gente, simplesmente, não conseguia mais sair hahahaha.

Mas eu sabia que, bem na entrada principal do cemitério, dava para a ponte que leva para Washington. Então, continuamos em frente. Vimos vários grupos de pessoas indo enterrar seus entes queridos nesse percurso.

E, finalmente, conseguimos sair. E, como eu havia dito, bem na frente ficava a ponte. Só que tudo parece muito perto visto do mapa. Mas, era pura enganação. A gente andou pra caramba. Até que atravessamos a ponte e chegamos no primeiro monumento da lista: O Lincoln Memorial. Gente, eu estava muito ansiosa por ver esse memorial, acho que mais do que ver a estátua da liberdade, sério.

Quando eu cheguei lá, achei o máximo (mesmo ele não tendo cabeça de macaco, como no filme hahaha). A gente foi lá um dia depois do President Day, então, a estátua estava repleta de coroa de flores. Bem legal.




Foi uma experiência incrível estar naquele lugar. Quando você vira as costas pro Lincoln, da de cara com o famoso obelisco (que sempre é destruído nos filmes hahaha). Esse lugar me lembrou instantaneamente do filme Forest Gump, não tem como não lembrar.



Ficamos um tempão ali, sentados, apreciando e descansando da caminhada hahahaha. Depois, voltamos a caminhar, passamos pelo monumento da segunda guerra e fomos, é claro, visitar minha amiga Michele.... Obama hehehehe. Passamos em frente a casa branca, quanta emoção. Quantas cenas catastróficas em filme pós apocalíptico eu já vi nesse cenário hahaha.

A ideia era ir caminhando até o Capitólio, mas, ele fica LONGE demais e, como ele estava em reformas, não estava muito lindão. Então, ficou pra próxima.



Nesse momento a gente já estava verde de fome. E, adivinha o que a gente pesquisou no google? Qual o Shake Shack mais próximo! hahahahahaha E claro que tinha um ali pertinho, e claro que fomos lá almoçar.



Depois de me deliciar mais um pouquinho com esse lanche perfeito, era hora de voltar. Estava começando a anoitecer. Fomos até a estação de metrô, uma senhora que trabalhava na estação nos ajudou a comprar os tickets (você compra o ticket e deve informar o local onde vai descer, cada local é um valor diferente, quando você sai da estação, tem uma catraca que valida se você tem o ticket correto).



Descemos na estação que ficava bem perto do hotel e fomos descansar um pouco. A noite eu voltei na Marshalls e aproveitei os preços incríveis pra comprar várias coisinhas pra minha sobrinha que está chegando.



E assim terminou nosso dia incrível em Washington. É possível fazer esse passeio como bate e volta, caso você esteja em Nova York, vale muito a pena, eu recomendo.

Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...