segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Passeio em Santiago no Chile

Chegamos em Santiago, depois de uma noite inteirinha no ônibus. Cansados, fedidos, com fome e frio hahahaha. Mas, faz parte da aventura.

Demos um "tapa no visual" no banheiro da rodoviária (300 pesos), que é pago, então separe moedinhas. Deixamos nossas malas no guarda volume da rodoviária (5 mil pesos) e fomos para o centro de Santiago passear.

Tomamos um café na rua, bem Chileno. Eu fui no básico: sanduíche. E o Ronan comeu um ovo que vinha em uma panelinha. Na verdade, eu teria escolhido essa opção também se eu tivesse entendido. Mas eu tava com sono, gente. Meu espanhol já não é bom acordada hahahaha.

Lugar cheio, mas, bem legal, atendente cheio de energia e divertido. Cheio de Chilenos, adoro lugares cheio de locais. Isso quer dizer que é gostoso e barato.

A gente estava perdido e sem internet em Santiago, então, paramos em um Starbucks para "roubar" um pouquinho do wi-fi. Pedi um chocolate quente e eles tentaram escrever o nome do Ronan no copo hahahaha.



Tracei um mapa com lugares de interesse e fomos passear.



No caminho, paramos em um mercado para nos abastecer de água e comprar algumas lembranças pra família (alfajores hehe). E seguimos com o passeio. 



A ideia do dia era ir na casa do Pablo Neruda (que estava fechada) e ir no Cerro San Cristobal (também fechado). Então voltamos para o centro. 






Almoçamos no KFC e fomos procurar um cinema. Perguntei pra 1, 2, 3 pessoas e não achava o bendito cinema. Até que, depois de muito custo, entendi que o cinema era subterrâneo hahahaha, por isso não achava.

Achamos o cinema e compramos ingressos para assistir Los 33. Que é o filme que conta a história dos mineradores que ficaram presos na mina por 3 meses. Até que conseguiram cavar um buraco e enviar uma capsula para resgata-los. Muito legal o filme, com o Antonio Banderas e Rodrigo Santoro.

La dentro tinha cabine de foto, e claro que eu tirei foto nela hahahaha. Hoje em dia é dificil imprimir uma foto, né? Então tirar fotos nessa cabine fotografica é garantia de pelo menos uma foto impressa da viagem. Sempre que encontro uma, eu entro hehehehe.

Depois do filme, voltamos para a rodoviária, pegamos nossa mala e pegamos o transfer para o aeroporto de Santiago.

Lá ficamos esperando nosso vôo de volta ao Brasil. Os atendentes da SKY Airlines nos perguntaram como pronunciar corretamente "São Paulo", porque fazia pouco tempo que eles estavam operando no Brasil.

Depois jantamos na Telepizza (9290 pesos), dentro do aeroporto, que é bem parecido com a pizza hut. E a sobremesa foi no dunkin donuts, também no aeroporto. Dividimos a mesa com uns brasileiros de brasilia que estavam bêbados hahahaha. Deu excesso de bagagem na mala deles, então, resolveram beber algumas garrafas de vinho hahahaha.



Por fim, embarcamos no avião para voltar ao Brasil. E mais uma viagem terminou. E digo e repito: uma viagem linda e surpreendente.

Já posso voltar? O Chile é o máximo e com certeza um pedacinho do meu coração ficou por la.

Um comentário:

  1. Muito legal. Irei com minha namorada em agosto. Gostei da dica "Adoro lugares com muitos locais. É sinal que é gostoso e barato". Abraços

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...