terça-feira, 22 de dezembro de 2015

O que fazer em Fruttilar no Chile?

Hoje é dia de dar tchau pra mais uma cidade da viagem, era nossos últimos momentos em Puerto Varas. Acordamos cedo e tomamos café da manhã no hotel. Muito doce, muito doce de leite, muitas coisas gostosas hehehe.

Aproveitamos um pouquinho mais do hotel, demos uma volta pela rua e compramos umas coisinhas no mercado. Depois, voltamos para o hotel, arrumamos as malas e fizemos o checkout. Pegamos o carro e fomos em direção a Frutillar.



Frutillar é uma cidadezinha pertinho de Puerto Varas, super alemã. Ela é um charme. Tem um pier todo fofinho no lado com vista para o vulcão Osorno, um gramadão com umas árvores lindas. Além, é claro, de vários restaurantes alemães e doces, muitos doces hehehehe. Tem também várias lojinhas com artesanato local e lembrancinhas da cidade.



A gente parou na primeira árvore gigante com um banco, bem charmosinho, com vista pro vulcão. E lá eu fiquei, hipnotizada. Tiramos fotos, aproveitamos a paisagem e seguimos de carro até o píer. Onde estacionamos e fomos passear.



Fiquei mais um bom tempo hipnotizada hahahahaha, gente, a cidade é fofa demais, linda demais, tudo de bom.



Passamos nas lojinhas de artesanato, compramos umas coisinhas e almoçamos em um restaurante na beirada da rua que não lembro o nome. Eu não curti muito a comida, mas, tudo bem. A coisa que eu achei que seria pior, foi a que eu mais gostei: a sobremesa. Era mamão papaya em calda. Tipo pêssego em calda, sabe? Bem gostoso.



Depois de almoçar e ficar mais um tempo hipnotizada com a vista, fomos comer uma cuca. A cuca é super famosa por conta da influencia alemã. Porem, não tinha nenhum sabor que eu queria muitooooo comer (eu queria cuca de doce de leite, mas eles so fazem cuca de fruta hehe), no fim acabei comendo um tipo de canolli de doce de leite e o Ronan, um bolo de chocolate. Tem vários bolos e doces de deixar qualquer um maluco.



Depois do doce, era hora de dar tchau. A gente precisava pegar a estrada e ir até Temuco para devolver o carro e voltar para Santiago.



Dessa vez, fomos pela rodovia principal. Uma super reta com estrada ótima até Temuco. Na estrada da pra avistar o andes, é bem lindo. Chegamos lá rapidinho.


Devolvemos o carro no aeroporto e pegamos um transfer (7 mil pesos) até a rodoviária. Acho que a rodoviária de Temuco é o lugar mais frio do Chile inteiro. Eu me enchi de casacos e fiquei lá esperando o ônibus. Nosso ônibus era super tarde e tinha um tempão pra esperar.

Comemos um lanche e esperamos. Quando abriu a sala vip da turbus, fomos lá pra dentro. E nada do nosso ônibus, já estava atrasado.

De repente, ele chegou. Vieram nos chamar e fomos correndo pro ônibus, acho que por estar atrasado, eles ficaram meio estressados e só jogaram nossa mala e a gente pra dentro do ônibus e partiram hahahaha.

Passamos a noite toda viajando até chegar em Santiago para o nosso último dia no Chile.


Um beijo.


Saiba mais sobre a viagem:

Preparativos para a viagem ao Chile
Roteiro de viagem para o Chile com neve
Como é viajar pela Sky Airlines
Indo para o Chile
Conhecendo os pontos turísticos de Santiago
Um dia de muita neve em Farellones
Cerro Santa Lucia e Shopping Arauco em Santiago
Vinicola Concha y Toro
Como é viajar de Turbus pelo Chile
Pontos turísticos em Viña del Mar
Por que você deve conhecer Pucón
Passeio em Pucón com a agência Politur
Caminhada no Vulcão Villarica em Pucón 
Como ir para Puerto Varas
Subir o vulcão Osorno
O que fazer em Frutillar
Passeio em Santiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...