segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O que acontece depois da mudança?

Se você chegou até aqui, Parabéns! Você sobreviveu às adaptações da mudança e está indo muito bem.

Já fazem cerca de 3 anos e meio desde a minha mudança e, mesmo sabendo que tem coisas com que eu nunca vou me adaptar, estou muito feliz por ter tido coragem e seguido em frente.

Na verdade, eu já estou naquela fase de achar que está tudo monótono demais e já quero mudar de novo hehehehe.

Eu não me considero uma paulistana, aliás, até mantenho meu sotaque catarina e minhas palavras locais quase intacto. Mas aprendi a viver como uma.

As coisas parecem nunca parar por aqui e há sempre uma novidade boa ou ruim acontecendo.

Muitas coisas mudaram desde a minha ?mudança?. Eu que morava a 5 minutos do trabalho, agora preciso pegar 2 metrôs e 1 trem para chegar até ele. Mas, depois que aceitei e me acostumei a isso, passei até a gostar.



O problema de pegar metro em SP é que você precisa de paciência com as pessoas e tem que aceitar perder horas do dia "em trânsito". Eu, por exemplo, perco 2 horas de vida indo e vindo do trabalho todos os dias.

Foi aí que eu resolvi gastar esse tempo fazendo coisas interessantes como: ler, estudar inglês, ouvir música e observar as pessoas.

E tem muita coisa para ser observada nas pessoas dessa cidade. Aprendi a amar a diversidade e as histórias das pessoas aqui. Tem sempre algo incrível para se ouvir das pessoas que eu conheço ou simplesmente ouço falar no metrô (adoro escutar conversa alheia no metrô, me julguem hahaha).

É sério. A maioria das pessoas que eu conhecia antes de me mudar tinham a vida mais ou menos com a minha, sem muitas coisas incríveis. Porém, aqui, eu sempre ouço algo que: UAU!

Você conhece algum descendente direto de um indígena? Ou pessoas que viajam para todos os lugares? Ou que são bartender fora do expediente normal de trabalho? Pessoas que passaram um tempo sendo baristas em Londres? Você conhece alguém que está na Califórnia pelo Ciências Sem Fronteiras? Que falam várias línguas? Você já conheceu alguém do Acre? Você já teve amigos de todos os lugares do Brasil? O irmão de algum amigo seu é um sushiman top internacional? Você encontra, ocasionalmente, pessoas famosas no shopping que fica a 15 minutos da sua casa?

Nossa, eu já ouvi tanta coisa em tão pouco tempo, conheci tanta gente interessante e que fizeram coisas tão incríveis.

Na academia, por exemplo, cada pessoa que eu converso tem uma profissão mais que legal que a outra.

Essa diversidade amplia o seu horizonte para além do que você poderia realmente imaginar.

As vezes eu e o Ronan ficamos imaginando, como será a infância de alguém que nasce num lugar como esse. Marca com os amigos pra se encontrar no metrô, almoça no applebees, depois assiste um filme no imax e termina a noite assistindo o Rafinha Bastos no Comedians.

Aí eu paro pra pensar na minha vida antes daqui. Puxa, como tudo mudou.

Eu sou, realmente, muito grata por toda essa oportunidade que eu tive em conhecer tantas pessoas legais. Adoro fazer parte disso, de saber sobre suas vidas e tentar fazer com que todas essas coisas façam algum sentido.

Todo esse conhecimento fez com que eu descobrisse algo em mim, fez eu entender porque gosto tanto de viajar. Amo essa diversidade, conhecer gente nova, ouvir línguas e sotaques diferentes, culturas diferentes. Isso faz parte de mim e eu fiquei feliz por conhecer e compreender.

Olha quão profunda uma simples observação pode ser. O simples fato de eu ir de metrô e ficar prestando a atenção às pessoas, fez com que eu pudesse enxergar o tanto "a mais" que eu nem imaginava que existia.

E mesmo essa cidade me surpreendendo um pouco a cada dia, eu ainda assim consegui cair na monotonia e já estou atras de minha próxima mudança. Motivada não apenas por vontade de sair desbravando o mundo, mas também, por algumas necessidades e obrigações não tão legais, creio que logo teremos novidades.

Qual será a minha próxima aventura? Será que, dessa vez, conseguirei ver as dificuldades como oportunidade? Espero que sim.


Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...