domingo, 26 de outubro de 2014

A bordo do Oasys of The Sea

Quarto dia de Viagem - Primeiro dia no Cruzeiro – Embarque

O dia seguinte foi um pouco tenso, o Jean se perdeu na cidade para devolver o carro. O endereço em Fort Lauderdale da Fox Rent a Car é 3100 SE 6th Avenue, simples se não fosse complicado. Esta rua é dividida em três partes, ou seja, ela tem uma parte mais ao norte da cidade, uma parte perto do centro e outra parte perto do aeroporto. O mais lógico era que a Fox estaria perto do aeroporto, lógico e correto, contudo o GPS o levou até a parte da rua mais ao norte da cidade. Quando chegou lá e não encontrou a locadora, ele teve que apelar para o goolgle maps pelo celular. Foi neste momento que ele encontrou a segunda parte, mais próxima ao centro. Contudo, ainda não encontrou a locadora. Resumo, após duas horas de passeio pela cidade, o Jean encontrou a locadora, detalhe, a 500 metros do hotel, tanto que ele voltou andando para o hotel.

Ele chegou em cima da hora do transfer, assim já descemos com as malas e aguardamos ser chamado o nome do nosso navio. Naquele porto de Fort Lauderdale, o Port Everglades, estavam partindo 10 navios de cruzeiro, e o hotel fazia transfer para todos, então pensa na bagunça. Aguardamos cerca de meia hora para o nosso transporte chegar, pois havia apenas duas vans no hotel para os 10 navios. Neste momento vimos um casal chegar com roupa de gala e o Jean me questionou sobre as nossas roupas. Esquecemos no quarto. O Jean foi rapidamente a portaria pedir novamente as chaves, pois já havíamos feito o checkout, para poder pegar nossas roupas de gala. Fiquei segurando o transfer até ele aparecer, que sufoco... hehehe.

Chegando ao porto, no píer do imenso Oasys of The Seas, já tem um funcionário que verifica os checkin, que fizemos por internet ainda no Brasil, e já faz o embarque de nossas malas. O embarque foi bem tranquilo. Tem a parte dos documentos e checkin que devem ser mostrados, da revista da bagagem de mão, pois estamos saindo dos EUA, e da entrada no navio. Já na entrada havia alguns funcionários cumprimentando a todos, e uma delas avistou nossas etiquetas na bagagem de mão com a bandeira do Brasil e já nos cumprimentou em bom português.

A entrada no navio se dá no deck 5, na Royal Promonade, já em grande estilo. Ficamos maravilhados com a grandeza e o luxo do navio. Nossa cabine ficava um andar acima, deck 6. Nossa cabine era linda, com uma varanda com vista para o mar. Já nos primeiros minutos a nossa camareira apareceu e se apresentou, muito simpática. Saímos da cabine e fomos almoçar em um dos muitos restaurantes do Oasys. Fomos ao deck 12, no restaurante Solarium Bistro, a comida não agradou nosso gosto, pois era muito natural, contudo deu para saciar a fome. Hehehe



O navio saiu do píer às 17:00 horas. Fomos à varanda da nossa cabine acompanhar o trajeto até alto mar. Era divertido, todas as pessoas às margens acenavam, despedindo-se do grandioso Oasys. Já à noite no mar do Caribe, aproveitamos para passear pela Royal Promodade e reservar um passeio com mergulho superficial nas Bahamas, em Nassau, nossa parada do dia seguinte. Lanchamos no Café Promonade na Royal Promonade que tem um brownie maravilhoso, sanduíches e lanches, cada dia passávamos pelo menos umas três vezes nesta lanchonete.



À noite fomos jantar no restaurante principal do navio. Local muito chique, onde geralmente tem que estar bem vestido. As comidas lá são bem elaboradas e sofisticadas. Cada dia havia um cardápio especial feito pelo Chef do navio.



Nesse restaurante cada pessoa tem a sua mesa marcada, aonde irá se sentar sempre no mesmo local durante toda a viagem, com o mesmo garçom e auxiliar (que por sinal eram muito simpáticos e divertidos).

Texto e fotos por: Jean e Maria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...