segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Piraí em Joinville

Joinville é cheia de encantos, mas nem todos sabem. Nessa série de belezas de Joinville você vai conhecer lugares lindos. Dando continuidade, mostraremos hoje o Piraí.

Piraí

A menos de dois quilômetros do meio urbano, a paisagem joinvilense muda. Em vez de casas, sobrados e prédios, os vastos arrozais emoldurados pelas montanhas ao longe preenchem os olhos de quem percorre o Piraí, no bairro Vila Nova, zona Oeste de Joinville.

A estrada, maior parte dela asfaltada, leva os turistas a um passeio com parques, pesque-pague, recantos e a uma mesa farta. Uma das opções gastronômicas no inverno é o café rural servido pela família Ross. A refeição oferece 50 itens, entre doces e salgados. Segundo a dona da propriedade, Sueli Ross, 56 anos, não podem faltar na mesa o tradicional körgers de queijo (queijo fundido), a cuca alemã, o pavê de maça e o pastel de palmito.

— Tem gente que vem aqui especialmente pelo café — conta.

Outra opção atraente nestes dias mais fresquinhos é conhecer os ranchos da região. No começo do Piraí, o Rancho Alegre, de Tarciso Janning, 56 anos, dispõe de uma sede aconchegante, rodeada por animais rurais e exóticos: minivaca, pôneis, marreco mandarim, além do faisão e do pavão. As crianças podem ficar bem próximas dos bichos ao dar mamadeira para os bezerros e andar de pônei.

A riqueza de água na região, que é contemplada em cascatas naturais ao longo do Piraí, também é explorada pelos pesque-pagues e pelos parques aquáticos. Para os apreciadores da pesca e de uma boa tilápia ou carpa, há o Pesque-pague Piraí. A propriedade tem cinco lagoas para pesca e também dispõe de restaurante. Assim, os visitantes podem preparar o que fisgaram (a limpeza dos peixes fica por conta dos funcionários).

Fonte: ClickRBS

Um Beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...